segunda-feira, janeiro 17, 2022
Mais

    Senadores defendem acompanhamento de renúncias fiscais e sua limitação de prazo

    A senadora Simone Tebet (MDB-MS) defendeu as novas regras já aprovadas na Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2019 que obrigam o governo a acompanhar o resultado das isenções e renúncias fiscais e que as limitam em 5 anos. Já o senador Armando Monteiro (PTB-PE) destacou que no ano passado o governo abriu mão de R$ 270 bilhões em renúncias, valor que cobriria o deficit deste ano de R$ 159 bilhões. Ao defender as novas regras, o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) cobrou o fim de benefícios para empresários. Mais informações com a repórter Hérica Christian, da Rádio Senado.

    Ouça a notícia.

    Por Agência Senado.

    Contabilidade na TV
    Informações pertinentes ao dia-a-dia dos profissionais contábeis. Notícias contábeis diárias, vídeos de eventos contábeis e conteúdos específicos para o contador!

    Comentários

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Posts Relacionados

    Populares

    spot_imgspot_img
    ×

    CADASTRE-SE NA NEWS

    Assine a nossa lista e receba novidades sobre o Contabilidade na TV.

    OBRIGADO

    POR SE INSCREVER!