terça-feira, janeiro 18, 2022
Mais

    MDIC destaca importância da inovação para varejo brasileiro

    Secretário Douglas Finardi participou da abertura da maior feira de franquias da América Latina e falou sobre a parceria com o setor e a inauguração do Laboratório de Inovação do Varejo, que funciona em SP

    O secretário de Comércio e Serviços do Ministério da Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), Douglas Finardi, participou, na última quarta-feira (27), da abertura da maior feira de franquias da América Latina: a 27 ª ABF Franchising Expo, que acontece entre os até o dia 30 de junho no Expo Center Norte, em São Paulo. O secretário representou o ministro Marcos Jorge, que cumpre agenda em Portugal nesta semana e falou sobre as ações construídas em parceria com o setor de franchising brasileiro.

    Douglas Finardi comentou sobre o Laboratório de Inovação do Varejo (ProVa) lançado, em conjunto com a ABDI, no começo do mês. “O fomento à inovação é importante em todo modelo de negócio e para empresas de todos os portes. No caso do setor de franquias, a estrutura e o tipo de negócio favorecem a promoção e disseminação da inovação, uma vez que o modelo da indústria franqueadora permite a troca de experiências entre o franqueador e seus diversos franqueados”, afirmou Finardi que anunciou também que, no calendário de atividades do ProVA, estão previstas algumas iniciativas dirigidas especificamente ao setor.

    Segundo o secretário, o Laboratório do Varejo será um elo no ecossistema de inovação voltado à experimentação dos varejistas e indutor da criação de novas soluções para o setor. “No ProVa serão criadas tecnologias transversais para o varejo e nosso objetivo é que ele seja considerado instrumento de alto valor agregado para transformação do setor e referência na busca por novas tecnologias” ressaltou.

    Fisicamente, o ProVa está instalado no shopping Frei Caneca, em São Paulo, é gratuito e aberto a todos os segmentos do setor de todas as regiões brasileiras. O espaço vai funcionar durante 24 meses e será usado para o desenvolvimento de soluções inovadoras, desde o uso de tecnologia digital até aplicação e teste de novas tendências no atendimento a clientes e gestão dos empreendimentos. O ambiente vai contar com áreas de coworking, ilhas de tecnologia e espaço para eventos. Mais de 100 atividades estão previstas para serem realizadas tais como meetups, ciclos de design thinking, feiras e workshops.

    Fórum de Competitividade do Varejo
    O secretário de Comércio e Serviços ressaltou ainda que a necessidade de políticas públicas voltadas para o crescimento e a modernização do varejo foi identificada nas discussões com o setor privado durante o Fórum de Competitividade do Varejo, composto por algumas das mais representativas entidades do setor. “O fórum busca trazer soluções e resultados práticos para o dia-dia do varejista e contribuir para que o setor tenha uma visão além do cotidiano e que insira a inovação e internacionalização em seu planejamento”, disse. “O contexto atual é de um mercado cada vez mais competitivo, consumidores exigentes, modernos e conectados. Empresas que investiram em inovação saíram fortalecidas de um período não tão favorável ao setor e por este motivo promover instrumentos de acesso à inovação é de fundamental importância para o contínuo desenvolvimento e fortalecimento do setor varejista nacional”, ressaltou Douglas Finardi.

    A SCS também trabalha para que as relações comerciais com a China avancem. Em setembro do ano passado, o MDIC e o Ministro do Comércio da China (MOFCOM) assinaram Memorando de Entendimentos sobre Cooperação em Comércio Eletrônico, pelo qual se comprometeram a incentivar a cooperação empresarial no comércio eletrônico entre os dois países. Em outubro daquele ano, foi realizada uma primeira missão de prospecção de empresários brasileiros dos setores de comércio eletrônico, varejo e inovação digital à China e uma nova missão acontecerá em setembro para Pequim, Xangai e Hangzhou para aprofundar o conhecimento e principalmente prospectar oportunidades de negócios no mercado Chinês.

    Franchsing
    Organizada pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), a feira deve reunir mais de 400 marcas de franquias nacionais e internacionais e receber cerca de 65 mil visitantes nos seus quatro dias de realização. Os empreendedores vão conhecer os lançamentos e tendências do setor e terão acesso a atividades de capacitação (palestras, congressos e debates) e networking.

    De acordo com a ABF, o mercado de franquias movimentou R$ 38,7 bilhões no primeiro trimestre deste ano. O montante revela um crescimento de 5,1% frente ao registrado no mesmo período do ano passado, quando o setor acumulou R$ 36,8 bilhões nos três primeiros meses de 2017. Considerando-se os últimos 12 meses, o crescimento foi de 7% (variação de R$ 154,426 bilhões para R$ 165,190 bilhões). Os segmentos do franchising que mais cresceram no primeiro trimestre de 2018 foram Hotelaria e Turismo (14,9%), Serviços e Outros Negócios (9,3%), Entretenimento e Lazer (7,8%), Alimentação e Limpeza e Conservação (ambos 6,6%).

    Por Assessoria de Comunicação Social do MDIC

    Contabilidade na TV
    Informações pertinentes ao dia-a-dia dos profissionais contábeis. Notícias contábeis diárias, vídeos de eventos contábeis e conteúdos específicos para o contador!

    Comentários

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Posts Relacionados

    Populares

    spot_imgspot_img
    ×

    CADASTRE-SE NA NEWS

    Assine a nossa lista e receba novidades sobre o Contabilidade na TV.

    OBRIGADO

    POR SE INSCREVER!