segunda-feira, janeiro 17, 2022
Mais

    Indicadores apontam continuidade da retomada do crescimento na economia

    Dados analisados pela Secretaria de Política Econômica reforçam expectativa de recuperação significativa do PIB no terceiro trimestre

    O terceiro trimestre de 2020 registrou a continuidade do processo de retomada do nível de atividade econômica e recuperação do Produto Interno Bruto (PIB), segundo a análise “Conjuntura Macroeconômica e Arrecadação Bruta de Tributos Federais”, divulgada na quarta-feira (21/10), em coletiva virtual, pela Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia.

    Panorama Macroeconômico

    “As vendas no varejo prosseguem em alta, destacando-se os segmentos de material de construção, supermercados, móveis e eletrodomésticos”, afirmou o coordenador-geral de Modelos e Projeções Econômico-Fiscais da SPE, Sérgio Gadelha, durante entrevista coletiva virtual realizada hoje.

    De acordo com o documento da SPE, a indústria segue como destaque, entre todos os setores de atividade econômica, no processo de recuperação, que tem sido generalizado, “à medida que tanto os bens ligados ao consumo quanto a investimentos continuam crescendo”, disse Sérgio Gadelha.

    O desempenho da indústria automobilística, que voltou ao nível de fevereiro – antes da pandemia – aponta para o aumento da produção industrial em setembro.

    Os principais indicadores de confiança da economia divulgados pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) têm reforçado, segundo a análise da SPE, “a continuidade da retomada da atividade econômica na indústria, no comércio, nos serviços e na construção civil”.

    O avanço no setor de serviços ainda é lento, mas consistente, tendo sido demonstrados sinais de uma retomada firme a partir de julho, quando algumas medidas de distanciamento social começaram a ser flexibilizadas.

    “Esses dados reforçam a expectativa de significativa recuperação do PIB no terceiro trimestre”, destacou o coordenador-geral.

    Indicadores de Alta Frequência

    A análise da SPE destaca que, segundo o Relatório Focus, do Banco Central, o mercado espera a contração de 5% do PIB para este ano: As previsões dos analistas de mercado continuam convergindo para a previsão da SPE”.

    O desempenho do comércio varejista aponta para a recuperação do consumo das famílias. O documento destaca ainda a retomada das atividades de bares e restaurantes – serviços muito afetados pelas medidas de distanciamento social – e a demanda aquecida por motocicletas como mais um fator que sustenta a alta da produção industrial em setembro.

    Sérgio Gadelha reforçou: “Os dados de alta frequência também indicam a continuidade do processo de retomada econômica”.

    Arrecadação Federal

    Projeções de mercado sobre a arrecadação federal continuam a indicar expectativas de retomada da atividade econômica. A arrecadação bruta total em setembro veio acima do esperado pelo mercado, semelhante a agosto, mas com diferença em menor magnitude, sinalizando convergência das expectativas de mercado sobre a retomada da atividade econômica.

    “Ainda se esperam elevados erros de projeção devido à dificuldade de se fazerem projeções em meio a uma pandemia”, alerta o estudo.

    No entanto, “o que se verifica objetivamente é que a arrecadação reflete outros indicadores que apontam para uma recuperação econômica”, enfatizou Sérgio Gadelha.


    Assista à coletiva sobre a Arrecadação da Receita Federal em setembro de 2020:

    Por Ministério da Economia

    Contabilidade na TV
    Informações pertinentes ao dia-a-dia dos profissionais contábeis. Notícias contábeis diárias, vídeos de eventos contábeis e conteúdos específicos para o contador!

    Comentários

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Posts Relacionados

    Populares

    spot_imgspot_img
    ×

    CADASTRE-SE NA NEWS

    Assine a nossa lista e receba novidades sobre o Contabilidade na TV.

    OBRIGADO

    POR SE INSCREVER!