segunda-feira, janeiro 17, 2022
Mais

    Em alta, desemprego na indústria está longe mudar de trajetória

    14/10 – Patricia Büll / Brasil Econômico
    montagemdeveiculos 2
    A indústria de transformação bem que tentou, mas não conseguiu segurar as demissões com o desempenho fraco no primeiro semestre deste ano. Apesar das reduções na margem e na capacidade instalada, o setor entra agora no que os especialistas chamam de “último degrau” de ajuste. Essa é a conclusão que economistas apresentam na última edição da revista “Conjuntura Econômica”, do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre/FGV), que circula a partir de hoje.
    Com queda de 2,8% na produção total até julho, segundo a Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física (FIM-PF) do IBGE, a indústria de transformação intensificou nos últimos meses o processo de redução do pessoal ocupado. Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho apontam que, desde abril, o setor não registra nenhum mês com saldo positivo entre contratações e demissões. De abril até agosto foram fechadas 80.016 vagas, volume maior do que uma Petrobras inteira — a estatal tinha pouco mais de 67 mil empregados em agosto.
    Contabilidade na TV
    Informações pertinentes ao dia-a-dia dos profissionais contábeis. Notícias contábeis diárias, vídeos de eventos contábeis e conteúdos específicos para o contador!

    Comentários

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Posts Relacionados

    Populares

    spot_imgspot_img
    ×

    CADASTRE-SE NA NEWS

    Assine a nossa lista e receba novidades sobre o Contabilidade na TV.

    OBRIGADO

    POR SE INSCREVER!