sexta-feira, janeiro 14, 2022
Mais

    CCJ aprova admissibilidade de PEC que veda impostos sobre produção e venda de gás de cozinha

    A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou a admissibilidade da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 21/19, que veda à União, aos estados, ao Distrito Federal e aos municípios instituir impostos sobre a produção e comercialização do gás de cozinha no território nacional.

    O relator, deputado Wilson Santiago (PTB-PB), recomendou a aprovação da admissibilidade. “Não há óbices para a apresentação e a tramitação da proposta.”

    Autor da PEC, o deputado Pedro Lucas Fernandes (PTB-MA) citou estudo segundo o qual as eventuais altas no preço dos combustíveis tornaram-se um grande problema para os brasileiros. O gás de cozinha, ressaltou ele, tem grande impacto no orçamento das famílias, sobretudo das mais pobres.

    A Constituição já veda aos entes federados instituir impostos, entre outros, sobre livros, jornais e periódicos; templos de qualquer culto; e patrimônio, renda ou serviços dos partidos políticos, entidades sindicais dos trabalhadores, instituições de educação e de assistência social sem fins lucrativos.

    Tramitação
    Será constituída uma comissão especial para debater e votar a proposta. Depois, o texto seguirá para o Plenário da Câmara, onde terá de ser votado em dois turnos.

    Por Agência Câmara

    Contabilidade na TV
    Informações pertinentes ao dia-a-dia dos profissionais contábeis. Notícias contábeis diárias, vídeos de eventos contábeis e conteúdos específicos para o contador!

    Comentários

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Posts Relacionados

    Populares

    spot_imgspot_img
    ×

    CADASTRE-SE NA NEWS

    Assine a nossa lista e receba novidades sobre o Contabilidade na TV.

    OBRIGADO

    POR SE INSCREVER!