sexta-feira, janeiro 14, 2022
Mais

    BNDES lança nova linha de crédito para serviços tecnológicos

    A medida faz parte do pacote de projetos da Câmara Brasileira da Indústria 4.0 e vai beneficiar empresas, produtores rurais e setor público

    O secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos Da Costa, participou na terça-feira (29/9) do lançamento do BNDES Crédito Serviços 4.0. A nova linha de crédito faz parte do pacote de projetos da Câmara Brasileira da Indústria 4.0 e é voltada para o financiamento de serviços tecnológicos, que vai beneficiar empresas de todos os portes e setores, produtores rurais e setor público.

    “A indústria 4.0 é uma extraordinária oportunidade para o Brasil. Se nós continuarmos avançando com os projetos da Câmara Brasileira da Indústria 4.0, dos quais esta é uma entrega especifica, num trabalho coordenado de todo o governo, Ministério da Economia, Ministério da Ciência e Tecnologia, BNDES e vários outros, tenho a absoluta certeza de que daremos saltos de produtividade e, consequentemente, de emprego e renda”, disse Carlos Da Costa.

    Segundo o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), os principais objetivos da nova linha de crédito são: modernizar a estrutura produtiva, com foco em digitalização e tecnologias industriais que preparem o tecido produtivo para manufatura avançada; estímulo ao processo de digitalização das micro, pequenas e médias empresas (MPMEs); e possibilitar a implantação de cidades inteligentes.

    Poderão ser financiados serviços tecnológicos associados às categorias credenciadas no sistema do BNDES: Manufatura Enxuta, Digitalização, Internet das Coisas (IoT), Manufatura Avançada, Desenvolvimento Tecnológico de Novos Produtos e Processos, Tecnologias Industriais Básicas; e Eficiência Produtiva e Energética.

    Consulte o Guia do Financiamento para mais detalhes sobre a linha de crédito

    O evento on-line contou com a presença do diretor de Participações, Mercado de Capitais e Crédito Indireto BNDES, Bruno Laskowsky; do ministro substituto do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovações, Júlio Neto; do diretor de Desenvolvimento Industrial da CNI, Carlos Abijaodi; do diretor-geral do Senai, Rafael Lucchesi; do presidente executivo da Abimaq, José Velloso; e do diretor presidente da Embrapii, Jorge Guimarães.

    Inovação

    Pela manhã, Carlos Da Costa também participou do webinário Inovação como chave para o Desenvolvimento da indústria Farmacêutica no Brasil: Uma agenda de competitividade, aumento da concorrência e desburocratização, promovido pelo Grupo FarmaBrasil.

    Em sua fala, o secretário destacou que é fundamental, para a inovação, a diminuição do custo de contratação, a redução da burocracia e uma maior previsibilidade. “Vamos apoiar o empresariado da melhor maneira possível, com um marco regulatório adequado, proteção à propriedade intelectual e estímulo para facilitar a atividade inovadora no país”, concluiu.

    Por Ministério da Economia

    Contabilidade na TV
    Informações pertinentes ao dia-a-dia dos profissionais contábeis. Notícias contábeis diárias, vídeos de eventos contábeis e conteúdos específicos para o contador!

    Comentários

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Posts Relacionados

    Populares

    spot_imgspot_img
    ×

    CADASTRE-SE NA NEWS

    Assine a nossa lista e receba novidades sobre o Contabilidade na TV.

    OBRIGADO

    POR SE INSCREVER!