quarta-feira, janeiro 19, 2022
Mais

    Autorizada contratação temporária de 207 profissionais para o governo federal

    Seleção ocorrerá por processo simplificado; 100 vagas são destinadas ao Ministério da Economia e 107 para o Departamento Penitenciário Nacional – Depen

    A Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital (SEDGG) do Ministério da Economia autorizou na terça-feira 6, a contratação temporária de 207 profissionais que atuarão no Ministério da Economia e no Departamento Penitenciário Nacional (Depen), órgão do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Este ano já foram contratadas pelo governo federal 29.720 pessoas de forma temporária.

    O Ministério da Economia foi autorizado a contratar 100 profissionais para atuar nas áreas de Prestação de Contas e Tomadas de Contas Especial. São 60 vagas para a Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade, e 40, destinadas à Secretaria de Políticas Públicas de Emprego. A autorização consta da Portaria nº 21.566, de 30 de setembro de 2020, publicada na edição de terça-feira no Diário Oficial da União (DOU).

    A distribuição das vagas, conforme as funções, é a seguinte: Coordenador de Análise de Prestação de Contas Temporário, 4; Analista de Prestação de Contas Temporário, 48; Agente de Apoio de Prestação de Contas Temporário, 8; e Analista de instauração de Tomada de Contas Especial, 40.

    Depen

    Já o Departamento Penitenciário Nacional (Depen), do Ministério da Justiça, poderá contratar até 107 profissionais que trabalharão na construção, reforma e ampliação de estabelecimentos penais, conforme a Portaria nº 21.073,  também publicada hoje no DOU. As vagas estão assim distribuídas: Especialista Técnico de Obras – Engenharia, 37; Analista Técnico de Obras – Engenharia, 61; e Analista Técnico de Obras – Arquitetura, 9.

    As despesas com essas contratações ficarão a cargos dos respectivos ministérios. A seleção dos profissionais interessados em ocupar as vagas será feita por meio de processo seletivo simplificado. O Ministério da Economia e o Depen têm até seis meses para publicar os respectivos editais, onde constarão, entre outras informações, as áreas de atuação, a descrição das atribuições, a remuneração e o prazo de duração do contrato.

    Por Ministério da Economia

    Contabilidade na TV
    Informações pertinentes ao dia-a-dia dos profissionais contábeis. Notícias contábeis diárias, vídeos de eventos contábeis e conteúdos específicos para o contador!

    Comentários

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Posts Relacionados

    Populares

    spot_imgspot_img
    ×

    CADASTRE-SE NA NEWS

    Assine a nossa lista e receba novidades sobre o Contabilidade na TV.

    OBRIGADO

    POR SE INSCREVER!