sexta-feira, julho 23, 2021
More

    6 passos para fazer um plano de ação empresarial

    Confira dicas sobre como fazer um plano de ação de forma rápida, fácil e eficiente para potencializar os negócios sem desperdiçar investimentos

    O plano de ação empresarial é, basicamente, o caminho a ser percorrido em busca de atingir as metas estabelecidas pelo empresário, relacionando planejamento e ação a uma visão gestacional estratégica. Assim, é possível visualizar o cenário de forma realista e com uma visão 360º sobre como sair de um ponto X, momento atual do negócio, e chegar no ponto Y, o futuro da empresa.

    ‍Diferentes áreas se beneficiam do planejamento, sejam elas do setor comercial, de projetos ou de orçamento. Por isso, é importante entender como fazer um plano de ação. Outro ponto fundamental é que, para empreendedores de primeira viagem, o plano serve como um guia para a autogestão, diminuindo riscos e incertezas. Nesse sentido, um modelo de plano de ação é composto por diferentes etapas: iniciação, planejamento, execução e monitoramento.

    Pensando nisso, a Omie, a plataforma número um em gestão (ERP) na nuvem do Brasil, separou abaixo seis passos para um plano de ação, auxiliando em uma gestão eficiente de ponta a ponta.

    1º passo – estabelecer os objetivos do negócio. É necessário considerar itens como a porcentagem de crescimento previsto em determinado período, a expansão regional ou a contratação de mais colaboradores para um setor em específico.

    Além disso, realizar a separação em pequenas metas, conforme os estágios de execução. Para isso, uma boa dica é utilizar a metodologia SMART: Specific (específico), Measurable (mensurável), Attainable (alcançável), Relevant (relevante) e Term (temporal).

    Essas definições indicam metas que não sejam genéricas e que sejam visualizáveis por números, para que os envolvidos no projeto consigam acompanhar o próprio desempenho. Os outros três pontos definem que uma boa meta é possível de ser atingida, assim como deve contribuir para o objetivo maior de desenvolvimento do negócio e deve ser cumprida dentro de um período pré-determinado.

    2º passo – o próprio nome já diz: ações!  As ações são o eixo central de um plano de ação empresarial. Por isso, apoiar a tomada de decisões em dados fornecidos pelos setores de acompanhamento da saúde do negócio, como o financeiro, ou conte com um sistema de gestão que ofereça relatórios sobre o fluxo de caixa nos últimos seis meses.

    Para isso, a sugestão é priorizar e descrever as ações conforme as necessidades do momento. Lembre-se que elas devem estar subdivididas em tarefas menores para alcançar metas.

    3º passo – recursos financeiros e humanos necessários.  ‍Após estabelecer quais são as ações necessárias, é preciso planejar quem serão os responsáveis pela execução. A partir da definição das prioridades, é recomendável preparar-se para imprevistos. Um erro que muitos gestores cometem é o de atuar apenas com o planejamento ideal, sem levar em consideração atrasos ou falhas no processo.

    4º passo – ferramentas para planos de ação: cronograma e prazos. Partes cruciais na etapa de execução do projeto. Determinar as ações conforme curto, médio e longo prazo. Para isso, basta definir as datas de início e de término para cada tarefa. Uma dica:  manter uma representação visual dos prazos. Algumas metodologias, como a Ágil e a Scrum, podem auxiliar nesse processo.

    ‍‍5º passo – fazer acontecer.  Um ponto muito importante para uma boa execução do plano é envolver os colaboradores nas atividades. Por isso, procure exercer uma liderança transparente e democrática. Tornar visível e claro o papel de todos os colabores envolvidos no projeto. Construir uma equipe interdisciplinar e estimular a proatividade e o senso de coletividade.

    ‍‍‍6º passo – Plano de ação pronto? É hora do acompanhamento de resultados!  Agora que o conceito de o que é plano de ação está claro, será necessário o uso de ferramentas para executar o monitoramento. Nessa etapa, é fundamental atuar com a avaliação da eficiência do processo e criar soluções rápidas.

    Também é importante documentar o que foi realizado, garantindo o aprendizado contínuo da equipe e aperfeiçoando a gestão empresarial.  Dessa maneira, o negócio consegue aumentar a produtividade sem exigir novos investimentos ou recursos.

    A Omie é uma empresa que tem paixão por ajudar outras empresas a crescer. Com o nosso sistema de gestão simples, intuitivo e eficiente, procuramos liderar a transformação digital de empreendimentos de pequeno, médio e grande porte. Para saber mais acesse: https://www.omie.com.br/

    Sobre a Omie:

    Omie, plataforma de gestão (ERP) na nuvem número um do Brasil, oferece educação transformadora e acesso a serviços financeiros para contadores e seus clientes de todos os portes, combinados de um jeito simples e fácil de usar. Lançada em 2013, a Omie se diferencia do mercado por oferecer uma solução completa e ilimitada que os usuários adoram – 99% de aprovação – e por sua atuação regional por meio de sua Rede de Franquias, o que a torna a única empresa do segmento a figurar entre as 100 empresas que mais crescem no País, segundo o ranking da Deloitte, ocupando o terceiro lugar. Impactar o ecossistema empreendedor, levando produtividade e prosperidade, é o propósito da marca que tem como objetivo contribuir para que todos em seu ecossistema – colaboradores, parceiros, franqueados, clientes – vivam todo seu potencial. Acesse www.omie.com.br e saiba mais.

    Por Omie

    Avatar Youtube
    Contabilidade na TV
    Informações pertinentes ao dia-a-dia dos profissionais contábeis. Notícias contábeis diárias, vídeos de eventos contábeis e conteúdos específicos para o contador!

    Comentários

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Posts Relacionados

    Populares

    spot_imgspot_img

    CADASTRE-SE NA NEWS

    Assine a nossa lista e receba novidades sobre o Contabilidade na TV.

    OBRIGADO

    POR SE INSCREVER!