Sescon GF promove reunião com a SEF/SC sobre NFC-e

0
12

O SESCON GF promoveu nesta sexta-feira, 19 de fevereiro, um encontro entre diretores e entidades do setor contábil com a Secretaria da Fazenda de SC (SEFAZ). Entre os assuntos tratados estão a implementação e a dinâmica da Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e).

“Sabemos que a dinâmica de Santa Catarina é um pouco diferente dos outros Estados, e essa reunião foi importante para sabermos como está o processo da Nota Fiscal Eletrônica. Esses encontros são essenciais para apresentarmos demandas e colaborar com a Secretaria da Fazenda do estado para melhorar a rotina dos contribuintes”, afirmou André Marquart. Ele reiterou que a entidade fica a disposição dos associados e da classe contábil para promover mais reuniões com órgãos públicos.

Gerente de Fiscalização da SEF/SC, Felipe Letsch ressaltou a importância do diálogo com entidades em função do papel de facilitadores para o contribuinte dos profissionais contábeis.

Durante o encontro, os auditores fiscais da Fazenda responderam algumas dúvidas enviadas pela diretoria do SESCON GF. O auditor fiscal, Paulo Gotelip, explicou que o processo de implantação não é obrigatória e se dá por um Tratamento Tributário Diferenciado (TTD): “Nós temos duas formas de contingência aqui no estado: através da máquina de emissão da nota e pelo Programa Aplicativo Fiscal NFC-e”. Paulo disse ainda que a implantação não tem custo e é recomendado que o pedido do TTD seja feito com antecedência pela empresa.

O auditor fiscal Rogério Mello ressaltou que a SEF disponibiliza uma página no seu site com orientações para a empresas. “Temos tudo detalhado de como fazer o pedido de credenciamento e de TTD na aba de NFC-e”, explicou.

Acesse a página da NFC-e na SEF/SC.

É interessante que cada empresa faça uma análise interna para implantação, tanto para a compra de equipamentos e suporte de internet, quanto para a manutenção deles.

Caso a empresa queira utilizar a NFC-e, é necessário realizar um cadastro eletrônico na site da Fazenda. “Antes de solicitar o TTD é exigido o preenchimento do DTEC (Domicílio Tributário Eletrônico) no site da NFC-e da Fazenda Estadual”, explicou Gotelip.

Além do presidente em exercício do SESCON GF, o diretor Administrativo, Aloísio dos Santos, diretor Financeiro, Péricles Borges, diretor de Assuntos Políticos, Chrystiano Medeiros Biasotto, os diretores suplentes, Sueli Grazielle Fenner Lira e Luiz Carlos de Amorim Junior, e a gerente executiva da entidade, Giselle Loregian.

Também participaram da reunião o presidente do SESCON SC, Claudinei Bertotto, Lecir Ghisi – Presidente Sindicont Tubarão e Região, Danielle Neves, AFRE – SEF/SC, Cenildo Coloss, Administrador da Corpel Contabilidade e Dayhane Floor da Única Contabilidade.

Escrito por: Assessoria de Comunicação Sescon GF

 

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!
Baixe para iOS.
Baixe para Android.
Baixe em HTML5.

Anúncio

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, escreva seu comentário.
Seu nome