Como são feitos os pagamentos e recebimentos do PIX?

0
145

O PIX foi recebido com bastante empolgação pela maioria dos brasileiros, contudo, uma grande parcela da população ainda não tem a menor ideia de como esse novo sistema de pagamentos funciona.

A verdade é que algumas pessoas ainda estão inseguras com relação ao seu uso. Todavia, isso acontece porque ainda não sabem exatamente como esse mecanismo rápido para transferir dinheiro e efetuar pagamentos pode ajudar no dia a dia das pessoas física e jurídica.

Como pagar uma conta  usando o PIX?

Pagar ou transferir dinheiro ficou muito mais fácil e principalmente rápido usando o PIX. A boa notícia é que não importa qual é o banco, nem dia  e muito menos horário.

Portanto, se a necessidade é fazer uma transferência ou pagar um boleto no fim de semana ou feriado, com o PIX, o mesmo será feito em tempo real. O sistema promete que em 10 segundos, o dinheiro sai de uma conta e já entra na outra.

Porém, para ter acesso ao PIX, os usuários devem ter uma conta em banco, seja corrente, poupança ou Fintech.

Não é necessário baixar nada de diferente no celular, basta cadastrar uma chave no próprio aplicativo do banco. Essa pode ser o número do celular, CPF, CNPJ, email ou outro número aleatório.

Essa chave elimina a necessidade de pedir a agência e conta bancária da pessoa para qual você precisa fazer uma transferência.

O pagamento ou transferência pelo PIX pode ser feito de duas maneiras:

  1. Usando o QR CODE criado pela pessoa ou empresa credora;
  2. Solicitando a chave da pessoa ou empresa pela qual você deseja efetuar o pagamento;

O próprio aplicativo do banco vai mostrar na tela principal um campo chamado ” PIX”, nele você tem a opção ” PAGAR”. Clicando nele, essas duas opções aparecem.

Como receber usando o PIX?

Para receber valores pelo PIX é necessário que o pagador também tenha cadastro no sistema.

Diante disso, esse procedimento pode ser feito de duas formas bem simples:

Entre no aplicativo do banco no campo ” PIX”, clique em ” Recebimentos”. Note que haverá duas opções:

  1. Crie um QR CODE – Esse pode ser mostrado na tela do celular para o devedor, ou então, compartilhado em aplicativos de mensagem ou email.
  2. Fornecer a sua chave do PIX para o pagador, dessa forma, ele transferir valores para você em tempo real.

O QR CODE pode ser usado tanto para transferências como para pagamento de Boletos.

Para quem já tem aplicativo do banco no dispositivo móvel, não há segredos. O sistema é bastante intuitivo, o único trabalho é cadastrar a chave que também é um mecanismo simples.

Vale lembrar que a chave PIX é o dado mais importante, pois é ela que faz a identificação da conta que vai receber os valores na hora da transação.

Como cadastrar a chave PIX?

As opções fornecidas de chave PIX pelos bancos são: CPF, CNPJ, número de celular, email ou número aleatório.

Uma pessoa ou empresa pode ter várias chaves, uma para cada banco. É através dessa numeração que será identificado a instituição bancária e o recebedor dos valores.

Não é necessário ter uma conta corrente, pode ser poupança, serve até mesmo a social digital da Caixa Econômica.

Essa chave deve ser cadastrada diretamente no aplicativo do banco em questão e internet banking, ou se tiver dúvidas, é possível comparecer nos terminais de auto atendimento da agência.

Ou seja, não é necessário baixar nenhum aplicativo diferente. Além disso, é fundamental tomar muito cuidado com links enviados por email ou SMS, pois muitos golpes estão ocorrendo por esses meios.

O PIX veio para facilitar as transações financeiras no Brasil. O objetivo do Banco Central e ter uma grande adesão do sistema e mais pessoas usando a rede bancária no País para a movimentação de dinheiro.

Por Fabio Favari

 

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!
Baixe para iOS.
Baixe para Android.
Baixe em HTML5.

Anúncio

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, escreva seu comentário.
Seu nome