Semana do Contador: Conheça o prêmio que tem fomentado a pesquisa na área das Ciências Contábeis

0
32

Incentivo ao desenvolvimento das Ciências Contábeis unido a um grande nome da Contabilidade, o Prêmio Olivio Koliver chega a sua sétima edição em 2020 e carrega em sua história o fomento à produção e à disseminação do conhecimento na área contábil. A condecoração é entregue ao melhor artigo selecionado, entre aqueles publicados na Revista Brasileira de Contabilidade (RBC) no ano anterior à entrega do troféu.

Esse reconhecimento foi instituído pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC), sendo promovido pela RBC e entregue pela primeira vez em 2014. A coordenadora do Conselho Editorial da RBC e professora doutora da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Jacqueline Veneroso Alves da Cunha, explica o objetivo da iniciativa. “O prêmio tem a finalidade de estimular a produção de pesquisas técnicas e científicas na área contábil, além de prestar uma homenagem à memória de um dos expoentes da Contabilidade brasileira, Olivio Koliver, falecido em 2009”, destaca.

O autor do artigo escolhido, ou autores, é contemplado com o troféu, que, normalmente, é entregue em reunião Plenária do CFC, previamente agendada e realizada em sua sede, em Brasília (DF). O Conselho arca com os custos de deslocamento nacional e hospedagem dos vencedores para a participação na solenidade de entrega do prêmio.

A professora Jacqueline Cunha ressalta como o troféu pode contribuir para o desenvolvimento das pesquisas na área da Contabilidade. “Na minha percepção, a maior contribuição do Prêmio Olivio Koliver, para o desenvolvimento das pesquisas na área de Ciências Contábeis, é seu papel de incentivador àqueles autores que pensam em submeter seus trabalhos à RBC, além de outro incentivo, que é a visibilidade trazida ao artigo premiado e a seus autores. É um grande reconhecimento à meritocracia”, afirma.

Como o artigo vencedor é escolhido

A seleção do trabalho vencedor envolve dois grupos: o Conselho Editorial da RBC e a Banca Examinadora e Julgadora.

O artigo vencedor é submetido a duas fases de análise. Na primeira etapa, cada artigo publicado, nas seis edições da RBC, recebe dos membros do Conselho Editorial da Revista uma nota de cinco a dez.

Já na segunda fase, os seis trabalhos mais bem pontuados na primeira etapa são encaminhados à Banca Examinadora e Julgadora do Prêmio Olivio Koliver, que deverá dar nota de cinco a dez a cada trabalho, entre esses seis artigos.

Essa banca é previamente nomeada por uma Portaria do CFC, sendo composta por cinco membros. Dois desses integrantes fazem parte do Conselho Editorial da RBC e outros dois pertencem ao Conselho Político e/ou Editorial da Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade (REPeC). Por fim, o grupo ainda conta com um (a) contador (a) doutor (a) indicado pela Presidência do CFC. “É Importante salientar que a Banca Examinadora e Julgadora é isenta e tem total independência na escolha”, ressalta Cunha.

O artigo vencedor é aquele que apresenta a mais alta pontuação. Em caso de empate, a banca realiza um novo julgamento, pontuando novamente os trabalhos. Caso persista o empate, a coordenação da banca, soberanamente, emite a decisão final.

No processo de seleção, não concorrem ao troféu aqueles artigos cujos autores sejam conselheiros e colaboradores do Conselho Federal de Contabilidade, membros da Banca Examinadora e Julgadora do Prêmio e integrantes do Conselho Editorial da RBC.

Por Lorena Molter / Comunicação CFC/Apex

 

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!
Baixe para iOS.
Baixe para Android.
Baixe em HTML5.

Anúncio

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, escreva seu comentário.
Seu nome