Vamos virar o jogo? – por Cleo Longen e Jení Carla

0
52

Em algum momento da sua vida você já precisou se enquadrar em um estereótipo para se sentir menos cobrado? Já teve aquele sentimento de que o tempo estava na contramão dos seus desejos?

Mas qual o tempo certo para os seus planos?

Existe uma cobrança pré-estabelecida para evoluir, aparecer, fazer, conquistar, ser, ter!

É como se tivesse um tempo certo para tudo acontecer na nossa vida, um cronograma organizado que você precisa apenas seguir.  E se você não acompanha toda essa expectativa, ficamos fora da curva de crescimento, e esse sentimento causa cobrança e frustrações.

Não devemos e nem podemos nos comparar uns aos outros! Cada qual tem seu espaço, seu tempo e suas habilidades.

Cada passo nesse momento é importante e pode ser decisivo para o que você está buscando, principalmente se estiver alinhado com seus valores e suas necessidades, não atenda a expectativa de ninguém, faça por você.

O que você entende que é possível fazer hoje e que vai ser importante amanhã?

Mesmo que tudo esteja complexo agora, analise com atenção, faça um levantamento minucioso do que é possível, leve em consideração as pessoas que você conhece, seus talentos, sua experiência, seus desejos e sonhos e principalmente, converse e se deixe rodear (mesmo que virtualmente) de pessoas otimistas, inteligentes, que buscam algo, que fazem o bem, que tenham algo a lhe acrescentar e aos poucos as ideias vão acontecer.

Faça um pequeno planejamento da sua semana, e se precisar ajuste durante o percurso, nada de ficar fazendo planos distantes, o momento é agora, e mesmo aquelas ideias mais loucas, talvez sejam as mais valiosas. Inclua novas atividades, quais contatos você precisa fazer em cada dia, deixe claro para as pessoas quais são suas intenções, se alimente de bons pensamentos, comece seu dia ouvindo boas notícias. São pequenas ações que vão abrindo caminho para novas experiências, se deixe contaminar com o poder da ação.

O processo pode as vezes parecer doloroso e até distante, principalmente se você tem uma família para sustentar, pagamentos atrasados, aluguel, uma renda limitada, ainda assim, não desista, com pouco muitas vezes fabricamos muito.

Já estamos convivendo com a crise, isso é fato, marcas estão sendo deixadas, mudanças estão acontecendo, e nós sempre teremos a oportunidade de repensar e mudar nossas ações, se isso fizer sentindo para você porque não começar agora mesmo?

Não podemos nos enganar e nem criar falsas ilusões, mas podemos e devemos nos alimentar de possibilidades!

É certo que não fazer nada, também não nos levar a lugar algum!

Cleo Longen e Jení Carla!

@coachcleolongen @jenicarla

 

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!
Baixe para iOS.
Baixe para Android.
Baixe em HTML5.

Anúncio

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, escreva seu comentário.
Seu nome