Governo publica regra sobre direitos de empresas que trabalham com serviços de limpeza e manutenção

0
93

Em outra medida, ministério dispõe sobre imposto sobre renda retido na fonte

O Ministério da Economia publicou uma Solução de Consulta que determina que o direito da pessoa jurídica que explore as atividades de prestação de serviços de limpeza, conservação e manutenção (ao crédito da Contribuição para o PIS/Pasep e ao crédito da COFINS) apenas se concretize se os gastos com transporte e alimentação dos empregados que atuem diretamente nessas atividades forem realizados através do fornecimento de vale-transporte, vale-refeição ou vale-alimentação. No caso do vale-transporte, apenas a parcela custeada pelo empregador (o que exceder 6% do salário do empregado) pode ser objeto desse creditamento.

Em uma outra Solução de Consulta, o Ministério da Economia dispõe sobre Imposto sobre a Renda Retido na Fonte. De acordo com o texto, não haverá acumulação, de um período de apuração para outro subsequente, de imposto sobre a renda retido na fonte, sobre serviços profissionais prestados por pessoa jurídica a outra pessoa jurídica, quando resultar em valor inferior a R$ 10,00 (dez reais). Cada pagamento ou crédito tipifica fato gerador autônomo no momento de sua verificação.

Por Agência Sebrae de Notícias

 

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!
Baixe para iOS.
Baixe para Android.
Baixe em HTML5.

Anúncio

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, escreva seu comentário.
Seu nome