Encontro define atendimentos presenciais do serviço de Carteira de Trabalho Digital no Acre

0
49

O superintendente regional do Trabalho e Emprego no Acre, Taumaturgo Lima Cordeiro, realizou na terça-feira, 21, no gabinete da regional de Rio Branco, uma reunião para tratar de alterações na rotina de atendimentos presenciais, relativas aos serviços de Carteira de Trabalho Digital e Seguro-Desemprego.

Superintendente do Trabalho, secretário da Seict e representantes da OCA e Sine debateram sobre pontos importantes do atendimento presencial da Carteira de Trabalho Digital e Seguro-Desemprego

Na ocasião, estavam presentes o secretário da Seict, Anderson Abreu, e representantes do Sine e OCA. A Carteira de Trabalho Digital foi criada pelo governo federal e implantada oficialmente em setembro do ano passado.

Uma das principais dificuldades deste novo modelo no Estado é o número considerável de acreanos que ainda não possuem acesso à internet ou não conseguem manusear corretamente o aplicativo. “É preciso dar apoio e atendimento de qualidade para o cidadão, sobretudo para os que não possuem familiaridade com as novas tecnologias”, afirma o secretário da Seict.

A Carteira de Trabalho Digital foi implantada pelo governo federal em 2019, com objetivo de diminuir a burocracia, facilitar a vida do cidadão e economia de recursos públicos

Entre as soluções propostas na reunião, estava a implantação de wi-fi de qualidade, com rede aberta e gratuita nas centrais de atendimento, ajudando o servidor público a tirar dúvidas de até várias pessoas simultaneamente, direto do celular do cidadão. Folhetos e banners contendo o passo a passo da carteira digital serão distribuídos em breve. Palestras e divulgação na imprensa sobre a CD também foram assuntos tratados no encontro, assim como parcerias com cidades estratégicas, como Brasileia, Cruzeiro do Sul, Sena Madureira e Xapuri.

“A Carteira de Trabalho Digital, além de comodidade para o cidadão, oferece economia para o Estado, que pode investir o dinheiro gasto com a impressão desses documentos e outros custos, em benefícios para a população. Contudo, há vários problemas que precisamos enfrentar na aplicação deste modelo no Acre, mas precisamos ter coragem para a mudança”, afirma Taumaturgo, superintendente regional do Trabalho e Emprego no Acre.

Por 

 

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!
Baixe para iOS.
Baixe para Android.
Baixe em HTML5.

Anúncio

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, escreva seu comentário.
Seu nome