Sociedade limitada unipessoal pode ser constituída por meio do Portal Facilita Alagoas

4
4392

Junta Comercial adere ao previsto pela IN de nº 63 do Drei e disponibiliza atos e eventos para a nova natureza jurídica

Interface do registro e do licenciamento empresarial no estado, o Portal Facilita Alagoas passou, a partir desta semana, a disponibilizar o registro de uma nova natureza jurídica, a sociedade limitada unipessoal. A inclusão decorre de uma adaptação do sistema ao que prevê a instrução normativa de nº 63 do Departamento de Registro Empresarial e Integração (Drei), entidade ao qual as Juntas Comerciais estão subordinadas quanto à legislação.

No sistema, foram disponibilizados os atos e eventos relacionados a processos de abertura, alteração e transformação empresarial para a nova natureza jurídica, sendo estabelecida para ela a tabela de preços similar a sociedade limitada com mais de um sócio.

Para a natureza jurídica, também são aplicadas as mesmas regras determinadas pelo manual de registro de sociedade limitada, criado pelo Drei, bem como as disposições do contrato social. Com isso, a razão social da empresa, o nome jurídico do negócio, deverá ser composta pelo nome civil do sócio único acompanhado pelo termo limitada por extenso ou abreviado.

A gerente do suporte ao Portal Facilita Alagoas, Mariana Torres, explica que a nova natureza jurídica é prevista na medida provisória de nº 881, de abril deste ano, e que o sistema está pronto para instituir os processos para sociedade limitada pessoal, com os testes já feitos.

“Para obter o registro, a empresa possui o mesmo andamento, começando pela consulta prévia, passando pela geração de documentos e seguindo para o protocolo. Como ela segue com os mesmo procedimentos da sociedade limitada com dois sócios ou mais, a entrada também pode ser feita de forma online pelo próprio Facilita Alagoas, com utilização do certificado digital e sem precisar se deslocar a alguma unidade da Junta Comercial”, destaca.

Ainda segundo a gerente, a criação da natureza jurídica também traz um diferencial em relação ao registro da empresa individual de responsabilidade limitada (Eireli). Com a sociedade limitada unipessoal, não é necessário o capital social integralizado de, no mínimo, 100 salários mínimos.

Administrado pela Junta Comercial do Estado de Alagoas (Juceal), o Portal Facilita Alagoas comunica, após a autenticação do processo, aos órgãos e às secretarias relacionadas ao licenciamento empresarial sobre a constituição, alteração e baixa dos negócios.

Por Hotton Machado / Juceal

 

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!
Baixe para iOS.
Baixe para Android.
Baixe em HTML5.

Anúncio

4 COMENTÁRIOS

  1. Amigos,

    Ao contrário do que a informa a matéria, a instrução do DREI segue abrindo a possibilidade das sociedades limitadas unipessoais usarem QUALQUER RAZÃO SOCIAL.

    Não há regra específica para se usar o nome do sócio/dono. Isso é APENAS E EXCLUSIVAMENTE para a modalidade “empresário individual” (EI), ou seja, NÃO TEM A VER COM AS SOCIEDADES LIMITADAS (unipessoais ou não).

    TODA E QUALQUER REGRA que valer para as sociedades limitadas convencionais valerá, por lei, para as sociedades limitadas unipessoais. SE NÃO VALER, não está sendo cumprida a lei.

    Importante: Não confundir FIRMA com DENOMINAÇÃO.

    A razão social das limitadas tem a POSSIBILIDADE de usar a FIRMA (nome dos sócios), mas não a OBRIGATORIEDADE de usá-la como razão social. (Ver artigo 2º)

    Fonte: a própria norma expedida após a MP da Liberdade Econômica

    http://www.mdic.gov.br/images/REPOSITORIO/SEMPE/DREI/INs_EM_VIGOR/IN_DREI_15_2013_alterada_pela_IN_63_2019.pdf

    • Olá Rafael!
      Obrigada por sua informação.
      Vamos avaliar junto a entidade e esclarecer tal situação.
      Lembrando que somos um Portal de Notícias Contábeis e nesse caso só replicamos a matéria, ela não é de nossa autoria.

      Abs,
      Luciane – Portal Contabilidade na TV

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, escreva seu comentário.
Seu nome