AM: “Renda Certa”, lançado por Amazonino Mendes, vai incentivar atividades econômicas e combater desemprego

0
520

Pessoas físicas, micro e pequenas empresas, associações e cooperativas terão acesso a crédito facilitado

O programa “Renda Certa”, cujo objetivo é estimular atividades econômicas e combater o desemprego, foi lançado pelo governador do Amazonas, Amazonino Mendes, nesta quarta-feira (02/05). Até o próximo sábado (05/02), equipes do Governo do Amazonas estarão no Centro de Convenções Vasco Vasques, na zona centro-sul de Manaus, atendendo empreendedores e explicando detalhes do programa, que vai financiar a aquisição de máquinas, equipamentos e capital de giro para mais de 30 opções de negócios.

Pessoas físicas, microempreendedores, associações e cooperativas são o público alvo do projeto. Coordenado pelo Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), o “Renda Certa” tem investimento inicial de R$ 38 milhões, tendo como agente financeiro a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam).

De acordo Amazonino Mendes, o programa vai incentivar o empreendedorismo em todos os municípios do estado e incentivar a geração de emprego e renda.

“Este programa veio para ficar e vai acontecer em todos os municípios do estado do Amazonas. Foi desenvolvida, no Brasil, uma tecnologia de fabricação de pequenas máquinas que podem ensejar ao povo simples um meio de renda, uma forma de ganhar a subsistência. Ao tomar conhecimento disso, imediatamente fui procurar, fui atrás e fiquei feliz porque esse projeto pressupõe tudo, tem todo os elos da corrente. Você tem equipamento, financiamento, assistência técnica, tem capital de giro. Enfim, é um projeto muito bem concebido, real, verdadeiro e técnico”, ressaltou o governador durante o lançamento.

Amazonino Mendes destacou que a expectativa é que o programa impulsione a geração de empregos no estado. “Eu tenho muita esperança de que consigamos mais de 30 mil empregos com essa pequena atividade que estão vendo. E com isso vamos levar paz tranquilidade, segurança, a inúmeros jovens, inúmeras famílias. Chamar um programa desses de eleitoreiro é muita falta de senso, muita falta de respeito à população. O programa é nobre, sério, digno, e estou muito feliz por fazer”, frisou o governador.

De acordo com a presidente do FPS, Mônica Mendes, o programa é uma oportunidade para os cidadãos que querem montar ou expandir o próprio negócio. O “Renda Certa” tem o diferencial de aliar fomento e qualificação para ampliar a chance de sucesso dos negócios, tendo como principal parceiro para capacitação o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

“O ‘Renda Certa’ é um programa de incentivo ao empreendedorismo e inclusão social. Vai possibilitar às pessoas adquirirem equipamentos para começar a trabalhar. Elas terão a opção de escolher o equipamento que querem financiar e vão se preparar, se qualificar”, ressaltou Mônica Mendes.

A presidente informou que equipes do FPS estarão atendendo de forma presencial, no Centro de Convenções Vasco Vasques até o próximo sábado (05/04), no horário das 9h às 18h, os interessados em abrir ou expandir o próprio negócio. Em breve os cidadãos poderão se inscrever pela internet, pelo site do Governo do Amazonas, ou nos pontos credenciados como unidades do Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC) e shoppings centers.

“Nós estaremos atendendo até o sábado e durante a semana estaremos colocando no ar, na própria página do Fundo de Promoção, um link, para que as pessoas possam se inscrever pela internet. Estaremos anunciando os pontos, onde as pessoas poderão procurar, próximos a suas residências, como os PACs, os centro de convivência e os shoppings centers”, explicou Mônica Mendes.

A costureira Eliana Barreto, 53, procurou o estande de exposição dos equipamentos de olho no financiamento de máquinas de costura. A intenção dela é transformar o ponto de costura em um ateliê. “Então, montando o próprio negócio, que no meu caso, eu já costuro, eu quero melhorar a minha renda e montar um ateliê. Não um chique, mas um simples. Quero uma máquina overloque”, frisou a costureira.

Financiamento – De acordo com a representante da Afeam, Iolane Machado, o programa possui crédito simplificado e facilitado, com flexibilidade para pessoas com restrição cadastral, mediante análise de cada caso, como medida de apoio social à população atingida pelo desemprego, em decorrência da grave crise econômica do país.

Os limites de financiamento são de até R$ 15 mil para profissionais liberais; de até R$ 30 mil para microempreendedor individual (MEI); de até R$ 150 mil para micro e pequena empresa; e de até R$ 500 mil para cooperativa e associação.

As taxas de juros variam de 6% ao ano para profissionais liberais; 8% ao ano para MEI; 10% ao ano para microempresas (individuais ou de cooperativas e associações); a 12% ao ano para pequenas empresas individuais ou de cooperativas e associações).

“As taxas de juros são subsidiadas pelo Governo do Estado, e o primeiro passo é fazer o cadastramento junto ao FPS, que é quem irá capitanear esse programa. Depois que for feito o cadastramento, o FPS irá selecionar esse quantitativo desses clientes e fazer a parceria com o Sebrae, para treiná-los, fazer o plano de negócios e então encaminhar para a Afeam para firmar o negócio”, disse Iolane.

O período de financiamento é de até 48 meses, incluso até seis meses de carência, para investimento fixo (aquisição de máquinas e equipamentos); de até 24 meses, incluso carência de até três meses para capital de giro; e de até 48 meses, admitindo até seis meses de carência para investimento misto (capital de giro mais máquina e equipamento).

Selo – A presidente do FPS ressaltou, ainda, que o governador Amazonino Mendes determinou que o programa priorize os novos empresários a se tornarem fornecedores do próprio Governo do Estado. “Importante também frisar que nesse novo projeto será criado o ‘Selo Renda Certa’, que irá garantir para aqueles novos empresários, aquelas pessoas que irão se capacitar e começar a produzir, a oportunidade de fornecer seus produtos ao Governo do Estado”, destacou.

Renda Certa – O programa também conta com a parceria do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), Empresa Amazonas de Turismo (AmazonasTur) e das Secretarias Estado de Trabalho (Setrab), de Assistência Social (Seas), e de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (Sejusc). Para ampliar o alcance do programa, o Governo vai promover a “Caravana Renda Certa”, que vai percorrer, em um primeiro momento, os municípios da Região Metropolitana de Manaus (RMM).

Maiores informações sobre o projeto e como se inscrever podem ser obtidas pelos telefones 99436 -1110/ 99437-8793; 3303-8463 e 3303-8341.

Por Portal Governo do Amazonas

 

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!
Baixe para iOS.
Baixe para Android.
Baixe em HTML5.

Anúncio

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, escreva seu comentário.
Seu nome