Curso: Retenções na Fonte IRRF/PIS-PASEP/COFINS/CSLL/INSS/ISS

0
1109

06/07 – UniFenacon

 

Na emissão de uma nota fiscal, pode ser necessário especificar a retenção de impostos na fonte. E, para saber como realizar este procedimento sem cometer erros, é preciso estar atualizado. Garanta sua vaga neste curso e tire todas as suas dúvidas sobre os cálculos da retenção.
Participe!
Data: 26/07/16
Duração: 3 horas
Horário: 14 horas (horário de Brasília).
Palestrante: Lúcia Young
Valor: R$100,00
Insira o código promocional: CONTTV
Desconto exclusivo: clique aqui

 

Palestrante:
Lúcia Young
Bacharel em Administração de Empresas, Especialista em Gestão Estratégica de Negócios. Consultora empresarial, trabalhista e palestrante motivacional.
Público-alvo:
Pro fissionais das áreas fiscal e contábil em geral (analistas, coordenadores, assistentes, auxiliares), além de outros pro fissionais que desejam obter aperfeiçoamento na prática econhecimento sobre o tema.

Conteúdo Programático:
Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF) 
– Rendimentos do trabalho assalariado;
– Serviços tomados de pessoas físicas (autônomos);
– Pagamento a microempreendedor individual – MEI;
– Aluguéis pagos as pessoas físicas;
– Serviços tomados de pessoas jurídicas;
– Procedimentos para emissão de notas fiscais;
– Empresas optantes pelo Simples Nacional;
– Pagamento a cooperativa de trabalho;
– Entidades sem fins lucrativos;
– Fato gerador e alíquotas;
– Serviços sujeitos a retenção;
– Os limites para a retenção do IRRF;
– Compensações de valores retidos;
– Prazos de recolhimento;
– O comprovante anual de retenção do IRRF;
Retenções na Fonte (PIS/COFINS/CSLL) 
– Novidades trazidas pela Lei nº 13.137/15 – DOU de 22/06/15;
– Responsáveis pelo recolhimento;
– Serviços sujeitos a retenção;
– Empresas do Simples Nacional;
– Dispensa de retenção;
– Alíquotas;
– Compensação;Retenções na Fonte de INSS (11% e Desoneração)

– Conceito de cessão de mão de obra e empreitada;
– Serviços sujeitos a retenção de 11% na cessão de mão-de-obra e empreitada;
– Retenção do INSS das empresas desoneradas da folha de pagamento;
– Dispensa da retenção dos 11%;
– Empresas optantes pelo Simples Nacional;
– Retenção na construção civil;
– Apuração da base de cálculo;
– Fornecimento de material e/ou equipamento;
– Parcelas não discriminadas no contrato;
– Deduções da base de cálculo;
– Obrigações do tomador e do prestador de serviços;
– Compensações e restituições;
ISS – LC 116/2003 
 – Conceito de serviço para fins de tributação do imposto e demais aspectos da hipótese de incidência do ISS;
– Contribuintes;
– Base de Cálculo;
– Fato gerador e alíquotas;
– Qual o município competente para tributar o ISS?
– Responsabilidade tributária e retenção do ISS pelo tomador de serviço;
– Empresas optantes pelo Simples Nacional;
– Comentários à lista de serviços – LC 116/03.
Fórum Interativo
Horário: das 17h às 18h – em tempo real (horário de Brasília)

 

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!
Baixe para iOS.
Baixe para Android.
Baixe em HTML5.

Anúncio

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, escreva seu comentário.
Seu nome