Aod adverte para troca de indexador de dívida estados

0
171
17/09 – Patrícia Comunello / Jornal do Comércio
Há mais de três anos, o ex-secretário da Fazenda e hoje sócio-diretor do BTG Pactual Aod Cunha não trabalha por aqui, mas o Estado não saiu da vida dele. Ao apontar a área fiscal como um dos componentes da política econômica mais urgentes a serem resolvidos pela futura presidente (Dilma Rousseff ou Marina Silva, como sugerem as pesquisas), Aod cogitou que não seria o melhor momento para mudar o indexador de correção das dívidas estaduais, tão acalentada pelo atual governador e candidato à reeleição, Tarso Genro (PT). 
O acerto do tripé da política macroeconômica (juros, inflação e câmbio) e setor fiscal sob controle foi consenso entre convidados do Fórum de Finanças por Melhores Ambientes, promovido pela Amcham-Porto Alegre ontem na Capital, que focou razões para a perda e reconquista das confiança de empresas e outros agentes na atividade do País.

 

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!
Baixe para iOS.
Baixe para Android.
Baixe em HTML5.

Anúncio

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, escreva seu comentário.
Seu nome