A importância dos sistemas contábeis para as empresas brasileiras

0
1374

Já se foi o tempo em que o contador era “apenas” o responsável pelas guias e impostos das empresas – e quem ainda os vê dessa maneira precisa se atualizar com urgência. Afinal, munido das tecnologias certas, este profissional está se tornando uma figura cada vez mais essencial para as empresas – desde os pequenos negócios até as grandes corporações.

Em outras palavras, os contadores passaram a desempenhar funções mais consultivas nos negócios, auxiliando os gestores na elaboração de estratégias que visam o crescimento das empresas, tendo como base seus números e históricos operacionais. Com isso, ofícios específicos – como o preenchimento de guias e cálculos de impostos – passaram a ser realizados por robôs.

E é neste momento que percebemos a importância dos sistemas contábeis. Afinal, são estes softwares – desenvolvidos justamente para facilitar a vida dos contadores, estando cada vez mais completos e ricos de funções e possibilidades – que permitem que os profissionais tenham mais tempo e condições para ajudarem as empresas de seus clientes a prosperarem.

Pioneira, a SCI Sistemas Contábeis é referência no desenvolvimento de softwares voltados às empresas contábeis. Com mais de 28 anos de atuação, a empresa (fundada em 1991 em Blumenau-SC) possui mais de 12 mil clientes (empresas contábeis) em sua carteira, auxiliando-as no atendimento de milhares de empresas de todo o Brasil.

“Nosso objetivo sempre foi facilitar a vida dos contadores”, afirma Elinton Marçal, diretor de tecnologia e marketing da SCI. “Todos os nossos sistemas, desde o primeiro, criado em 1991, até os mais recentes, foram feitos com este propósito: agregar valor aos serviços contábeis, ajudar os contadores a fazerem os clientes deles prosperarem e assim impactar a economia do país de forma positiva”.

Para ele, os sistemas contábeis são fundamentais para o crescimento das empresas e para a economia do país – mesmo que indiretamente. “Tudo passa pelos sistemas contábeis”, salienta. “O contador não precisa mais digitar números, fazer os cálculos que fazia no passado. Tudo fica operacionalizado por robôs e inteligência artificial. É uma nova realidade, totalmente disruptiva”.

Porém, elaborar um sistema contábil não é uma tarefa simples: assim como as empresas contábeis, os desenvolvedores de softwares também precisam estar atentos a todas as obrigatoriedades impostas pelo Governo (nas esferas municipais, estaduais e federal) e compreender todos os meandros da legislação tributária. Afinal, erros – mesmo que mínimos – podem ser prejudiciais às empresas contábeis e, é claro, aos negócios dos clientes destas, os empreendedores brasileiros.

“O contador é uma figura fundamental para todas as empresas”, ressalta Marçal. “Se uma empresa quer entregar todas as suas obrigações e se manter em dia com o Fisco, com estratégias que além de evitar multas e outros encargos tragam resultados financeiros, ela precisa de um contador. Ele é o médico dos negócios, quem realmente entende o processo burocrático brasileiro e mantém as empresas saudáveis. Mas isso não significa que o contador não precisa de ajuda: e é aí que os sistemas contábeis entram. Se o contador é o médico, os sistemas são como os instrumentos utilizados por ele durante um procedimento”.

O contraponto disso está na insegurança do ambiente de negócios do Brasil, enfatiza Marçal. As leis sofrem mudanças constantes e é extremamente caro e difícil para as empresas de sistemas se manterem em dia com todas as obrigatoriedades governamentais – que podem mudar do dia para noite após investimentos gigantescos.

“Passamos por muitas dificuldades para conseguirmos adaptar nossos sistemas ao eSocial, por exemplo”, lembra o empresário. “Contratação de pessoal, treinamento para suporte, o desenvolvimento em si… e agora estuda-se uma reformulação do sistema. E isso é só um exemplo. É difícil desenvolver um software inteligente e capacitado, que ajude os contadores, sem ter garantias. Mas sempre faremos o possível para deixarmos o contador apto para melhor atender seus clientes”.

Além de gerar mais eficiência, os sistemas estão cada vez mais práticos e acessíveis, permitindo que os clientes das empresas contábeis tenham acesso a importantes informações sobre seus negócios na palma da mão – diretamente do smartphone. Segundo Marçal, tais possibilidades tem dado muito mais opções aos contadores, que agregam novos serviços aos seus negócios.

“Vivemos em uma era onde não queremos esperar por informações, onde estamos acostumados a tê-las em questão de segundos”, avalia. “Por isso temos investido muito na criação de ferramentas que permitem que os empresários acessem as informações contábeis e fiscais dos seus negócios por conta própria, sem interferência do contador. Isso dá mais velocidade ao processo e faz com que o profissional contábil não perca tempo enviando relatórios e arquivos. O contador deve pensar no futuro e deixar o passado para as máquinas”.

Mas não apenas Marçal defende a importância dos sistemas contábeis para as empresas e para a economia do Brasil. Proprietário da Wilmar Contabilidade, Jackson Ricardo Eichtaedt, destacou como estes sistemas podem interferir na realidade dos negócios.

“As empresas ganham muito quando trabalham com uma contabilidade que utiliza um bom sistema contábil”, confirma ele. “Atualmente trabalhamos com várias tecnologias WEB da SCI Sistemas Contábeis, e vemos como o processo de automação tem auxiliado todas as partes envolvidas. Enquanto eliminamos processos repetitivos de nossa rotina e ganhamos tempo para novos atendimentos, nossos clientes ganham mais autonomia, não dependendo do nosso trabalho em todos os momentos”.

Segundo ele, o acesso a importantes informações dos negócios sem a intervenção dos profissionais contábeis tem empolgado empresários.

“Cálculos de férias, de rescisões contratuais, correção de impostos atrasados… antes os clientes nos ligavam pedindo por isso, mas agora o sistema realiza tudo para eles”, enaltece. “São coisas básicas, mas que fazem muita diferença. Não precisam mais esperar que o contador acesse o sistema, faça os cálculos e retorne com os resultados. Isso influencia significativamente na gestão dos negócios, facilitando o planejamento e execução de estratégias”.

Por fim, Jackson enfatizou a importância dos sistemas para os negócios.

“Não imagino como seria a rotina da Wilmar Contabilidade sem um bom sistema contábil”, resume. “Atualmente contamos com mais de 200 clientes, e percebemos como o nosso trabalho tem sido importante para o crescimento dos mesmos. E sabemos que, sem os sistemas desenvolvidos pela SCI, isso não seria possível. Por isso digo e repito: um bom sistema é essencial não somente para as empresas contábeis, como também para os empresários clientes da contabilidade. Os ganhos são muitos, e os impactos negativos são nulos”.

Por fim, Marçal faz uso de sua experiência no ramo e enfatiza os cuidados que um empresário deve ter ao contratar um contador para sua empresa.

“Você certamente procura o melhor médico para cuidar da sua saúde, então deve fazer o mesmo com a sua empresa”, conclui. “Faça perguntas ao seu contador, saiba a rotina dele, qual sistema contábil utiliza e como este pode vir a beneficiar a sua rotina como empresário. Encare o contador como um consultor, não como alguém que preenche número e guias. Estamos numa nova realidade, e você precisa de estratégias para prosperar. Confie num bom profissional, que use um software capacitado, e maravilhe-se com os resultados”.

 

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!
Baixe para iOS.
Baixe para Android.
Baixe em HTML5.

Anúncio

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, escreva seu comentário.
Seu nome