STR bate recorde de mais de 1 milhão de transações

0
108

Na segunda-feira (5), o Sistema de Transferência de Reservas (STR) bateu recorde: foram efetuadas 1.284.882 ordens de transferência de fundos, grande parte de Transferências Eletrônica Disponível (TED). Antes disso, o maior número de operações havia sido de 988.409, em 5 de julho de 2019. Para o mês de julho, a média diária foi de aproximadamente 700 mil mensagens.

As responsáveis por esse grande volume de ordens são as instituições de pagamento (IP), que não costumam cobrar pelo serviço de TED. Uma delas chegou a apresentar quase o triplo de operações de um banco tradicional. Para as IPs, utilizar o sistema significa independência em relação ao uso de banco liquidante e ampliação das possibilidades de negócios em relação aos pagamentos disponíveis para os seus clientes.

De acordo com Alexandre Mendes, analista no Departamento de Operações Bancárias e de Sistema de Pagamentos (Deban) do Banco Central, o aumento no volume de operações está relacionado ao fato de que diversas instituições financeiras com participação facultativa no STR abriram contas no BC nos últimos anos, passando a utilizar o sistema para liquidar TEDs.

Já para Rennan Bonfim, chefe de subunidade no Deban, o recorde é resultado da ampliação do acesso ao STR aos participantes não bancários, que ocorreu a partir de 2009, quando o BC permitiu que todas as instituições autorizadas por ele a funcionar poderiam também solicitar abertura de conta, e consequentemente, operar no STR (Circular nº 3.439/2009).

Por Banco Central do Brasil

 

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!
Baixe para iOS.
Baixe para Android.
Baixe em HTML5.

Anúncio

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, escreva seu comentário.
Seu nome