Juceal recebe visita técnica de representantes sergipanos para tratar sobre teletrabalho

0
128

Encontro aconteceu na sexta (12), na sede do órgão alagoano, em Maceió

Referência nacional em relação às ações implantadas para desenvolvimento do registro e do licenciamento de negócios, a Junta Comercial do Estado de Alagoas (Juceal) recebeu, na sexta-feira (12), representantes da Junta Comercial do Estado de Sergipe (Jucese). O teletrabalho utilizado na análise de processos empresariais foi a pauta do encontro.

Promovida na sede do órgão alagoano de registro, em Maceió, a visita técnica destrinchou as particularidades do fluxo processual dentro da Juceal e a utilização do teletrabalho durante necessidades internas e externas, considerando logística do quadro de servidores e produção de relatórios.

Desde 2015, por meio de resolução plenária, a Juceal possui o regime de teletrabalho, que, dentre outras coisas, permite a opção pelas análises colegiadas e singulares fora das dependências do órgão, com produtividade de 15% a mais, atenção às convocações via telefone e e-mail, e monitoramento feito pela assessoria de qualidade.

Durante a reunião, o presidente da Juceal, Carlos Araújo, ressaltou que, independentemente do regime adotado na análise, o objetivo é não prejudicar a saída do processo, que, no órgão, tem prazo de até 48h.

“As Juntas Comerciais devem ter sempre uma visão para o futuro. O que aconteceu aqui desde 2015, também teve uma participação dos outros estados por essa troca de informações. Quando o cliente dá entrada ao processo, ele pagou por aquele serviço e quer algo bem feito. Então se a gente foca no cliente, a solução aparece”, frisou.

Na visita, foi ministrada apresentação pelo gerente da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim) em Alagoas, Edmundo Lins Filho, que ressaltou que, somente com a implantação do sistema de fluxo totalmente online – o Junta Digital -, foi possível o estabelecimento do teletrabalho e outras ações, como o Juceal Express e a entrada digital de processos.

Presente no encontro, o presidente da Jucese, Marco Freitas, revelou que a experiência em como ocorreu a implantação do teletrabalho na Junta Comercial alagoana servirá para adaptar o funcionamento das análises do órgão sergipano para mais uma ação em relação à entrada online.

“A partir de 1º de setembro, iremos colocar a entrada somente online para cada natureza jurídica. Iremos fazer caravanas em parceria com CRC entre julho e agosto para conscientizar sobre a importância do certificado digital, a sua utilidade e a sua segurança”, detalhou.

Participaram do encontro, ainda, o vice-presidente da Juceal, Fábio de Lima, o secretário-geral da Juceal, Edvaldo Maiorano, o secretário-geral da Jucese, Alex de Jesus Souza, entre outros.

Por Hotton Machado / Juceal

 

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!
Baixe para iOS.
Baixe para Android.
Baixe em HTML5.

Anúncio

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, escreva seu comentário.
Seu nome