Cursos considerados tradicionais são preferidos dos estudantes nessa faixa etária

0
147

Sejam condições financeiras, busca por recolocação no mercado ou a realização de um sonho antigo. A verdade é que sobram motivos para estudantes acima dos 40 anos voltarem para as salas de aula, mesmo que muitas delas sejam apenas virtuais.

De acordo com levantamento realizando pelo Centro de Integração Empresa-Escola – CIEE, entidade filantrópica sem fins lucrativos, o número de estagiários entre 40 e 50 anos cresceu 5% entre 2016 e 2017. O campo de atuação escolhido pela faixa etária é majoritariamente de humanas e os cursos mais escolhidos são: Pedagogia (60%), Direito (11%), Serviço Social (3%) e Ciências Contábeis (1%).

A experiência acumulada no mundo do trabalho, a maturidade e a paciência, em especial com o atendimento ao público, são os grandes diferenciais dos estudantes que desejam alcançar uma vaga de estágio. Como mostra matéria veiculada no Jornal Anhanguera 1° edição, de Goiás. Confira a matéria na íntegra aqui.

Regionalmente
Entre os estados, São Paulo é o que conta com o maior número de estagiários acima dos 40 anos e totaliza 63%. Os cursos mais escolhidos pelos paulistas são Pedagogia (66%), sobretudo a modalidade EAD, que cresceu 22% em relação ao mesmo período no ano passado, Direito (10%) e Serviço Social (4%).

O Estado é seguido por Bahia (9%), que tem entre os cursos mais escolhidos Pedagogia (60%), Direito (9%) e Letras (3%), e Pará (3%). Vale destacar que o estado da região Norte registrou aumento de 65% no número de estagiários acima dos 40 anos e os cursos mais escolhidos são: Pedagogia (67%), Ciências Contábeis (5%) e Administração (5%).

Se você já é cadastrado no CIEE, atualize seus dados e fique de olho nas oportunidades dentro do seu perfil.

Por CIEE

 

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!
Baixe para iOS.
Baixe para Android.
Baixe em HTML5.

Anúncio

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, escreva seu comentário.
Seu nome