Goiânia-GO recebe secretários de Finanças de todo Brasil

0
280

Depois de 17 anos Goiânia volta a sediar a agenda de deliberações da Associação Brasileira das Secretarias de Finanças das Capitais (Abrasf) sobre os rumos da gestão pública no Brasil. Com o tema Avanços, Desafios e Práticas Integrativas, durante três dias secretários e técnicos de todo o país vão discutir pacto federativo, estratégias municipais, reformas tributária e da previdência, que são alvo de discussões no Congresso Nacional, além de conhecer a realidade fiscal de Goiânia. A solenidade de abertura da  2ª Assembleia Geral Ordinária da Abrasf será conduzida pelo prefeito Iris Rezende, nesta quinta-feira, 27, às 9 horas, no salão nobre do Palácio das Campinas Venerando de Freitas Borges (Paço Municipal), Park Lozandes.

Como exemplo de boas práticas, Goiânia apresentará aos participantes o Programa de Automação da Gestão (Page), que inaugura no setor público o conceito de automação. Nele, de modo geral, ocorre a otimização dos processos de trabalho, para, em seguida, executá-los sobre uma arquitetura de sistemas informatizada. A ordem das atividades é mantida e regulada pela ferramenta, que controla os papéis, mensura resultados e define as responsabilidades de cada usuário no trâmite processual, possibilitando a padronização na execução das atividades dentro do processo. “O Page é  composto por conjunto de ferramentas que garantem que qualquer processo que seja digital tenha um tempo determinado para ser executado e não seja direcionado para locais errados. Além disso, com ele é possível monitorar quem está trabalhando ou não, checar o índice de produtividade e ter acesso aos gargalos que dificultam o trâmite processual na administração’, explica o secretário de Finanças de Goiânia, Alessandro Melo, que também participa da solenidade de abertura, assim como o presidente da Abrasf e secretário das Finanças de Fortaleza (CE), Jurandir Gurgel.

Não há notícia de nada parecido no setor público de toda a América Latina. E é exatamente o ineditismo do Page que o fez ser escolhido como pauta de Goiânia no encontro entre secretários de Finanças de todo o país. Além de apresentar a ferramenta, Alessandro mostrará os primeiros resultados alcançados com a automação de processos, que opera em Goiânia desde o ano passado em caráter experimental.

Agenda
A agenda da Abrasf em Goiânia, além da Assembleia Ordinária, que ocorre nos dias 27 e 28 de junho, incluiu o encontro da Câmara Técnica Permanente (CTP). Nesta quarta-feira,  dia 26, técnicos de 24 capitais se reuniram para avaliar as ações dos Grupos de Trabalho (GTs) e alinhar novas estratégias a partir dos resultados alcançados. As discussões do grupo técnico também tiveram o objetivo de subsidiar os debates dos secretários durante os dois dias da 2ª Assembleia, nestas quinta e sexta-feira. ‘Os encontros promovidos pela Abrasf são oportunidades riquíssimas de troca de experiência, de acesso a boas práticas e conhecimentos que, se necessário, nos permitem ajustar o rumo da gestão. É uma forma de reduzir erros e maximizar acertos a partir do que ocorre em outras Capitais do Brasil.  Dialogar com essas pessoas é sempre de extrema relevância, mas recebê-los em Goiânia, principalmente em um momento onde somos indicados nacionalmente como referência em gestão pública, torna esse encontro especial. Temos muito a aprender, mas também temos muito a ensinar. A Abrasf é um momento de pausa para discutirmos, a partir da ótica das finanças públicas, o melhor caminho para o Brasil’, afirma o secretário de Finanças de Goiânia, Alessandro Melo.

Além de secretários e técnicos de todo o país, o encontro reunirá representantes de outras entidades municipalistas e patrocinadores do evento. A 2ª Assembleia Geral Ordinária da Abrasf conta com patrocínio do Banco do Brasil (BB), Caixa Econômica Federal (CEF), DSF, Sigcorp e UiPath/T2C, além do apoio cultural do Flamboyant Shopping Center.

Eleição
Paralelo às discussões entre técnicos e secretários de Finanças do país, haverá a eleição e a posse da nova diretoria da Abrasf para o biênio 2019/2021. Fundada em 1983, a Associação Brasileira das Secretarias de Finanças das Capitais congrega secretários de finanças com objetivo de aperfeiçoar a gestão financeira e tributária dos municípios.

A Abrasf, que hoje conta com 27 capitais associadas, busca arejar determinadas discussões e uma participação mais ativa nos fóruns e debates a respeito de receitas e despesas da municipalidade, troca de informações e experiências sobre o dispêndio público e, visa ainda, a inovação financeira e tributária. Com esse propósito, as Assembleias ocorrem a cada quatro meses, sempre em diferentes Capitais. Nesses 36 anos, Goiânia sediou duas vezes os encontros entre secretários de Finanças. A primeira delas em 1995. A última, em 2002.

Por Prefeitura de Goiânia

 

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!
Baixe para iOS.
Baixe para Android.
Baixe em HTML5.

Anúncio

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, escreva seu comentário.
Seu nome