FEBRABAN e bancos participam da Semana ENEF com concurso e mutirões de negociação de dívidas

0
391

Banco do Brasil, Bradesco, Caixa, Itaú, Santander e Votorantim darão cinco bolsas de estudo no exterior para jovens entre 18 e 24 anos, totalizando R$ 100 mil em prêmios. Além disso, 90 instituições financeiras participam, por meio da plataforma “consumidor.gov.br”, de mutirão para receber e tratar pedidos de negociação de dívidas de clientes em todo o país

Por meio da plataforma “consumidor.gov.br”, 90 instituições financeiras, entre bancos, financeiras e administradoras de cartões de créditos participam de mutirão para receber e tratar pedidos de negociação de dívidas de clientes em todo o país. A ação que começou no último dia 13, terminará no próximo dia 31 de maio, e faz parte das atividades da FEBRABAN – Federação Brasileira de Bancos na 6ª Semana ENEF (Semana Nacional de Educação Financeira), que teve início nesta segunda-feira (20) e se estende até o próximo dia 26.

Na edição passada da Semana ENEF, que ocorreu entre 14 e 20 de maio, 4.300 pedidos de negociação de dívidas foram formalizados aos bancos pela plataforma consumidor.gov.br, com altos índices de acordo. De cada 10 consumidores que pediram uma renegociação, oito deles obtiveram acordo, o que evita uma ação judicial futura.

“Superendividamento não interessa a ninguém, nem ao consumidor nem ao banco”, afirma Amaury Oliva, diretor de Autorregulação da FEBRABAN. “As instituições financeiras estão empenhadas em manter com o consumidor uma relação sustentável, transparente e de longo prazo.”

O consumidor deverá procurar informações diretamente com o Procon mais próximo de sua localidade para saber se o órgão de defesa participará da iniciativa e outras orientações. O consumidor também pode acessar a plataforma www.consumidor.gov.br, se cadastrar, selecionar uma instituição financeira participante e formalizar sua solicitação de renegociação de débitos.

Segundo Oliva, as instituições financeiras, por meio da autorregulação da FEBRABAN, têm desenvolvido uma série de ações voltadas à orientação financeira e à prevenção do superendividamento. “As iniciativas buscam dar respostas a um tema sensível e atual, construir confiança no relacionamento com o consumidor, e evitar que conflitos sejam levados aos órgãos de defesa do consumidor e à Justiça.”

Em fevereiro de 2018, entraram em vigor novas regras da autorregulação bancária para o “tratamento e negociação de dívidas”. O normativo 18/2017 traz uma série de medidas que merecem destaque. Dentre elas: o compromisso com a sustentabilidade do acordo e a concessão responsável de crédito; a orientação financeira do consumidor; a informação sobre os canais de tratamento e negociação de dívidas; o registro dos pedidos de negociação de dívidas; e a facilidade no acesso a informações sobre a evolução da dívida.

Concurso educacional

Ainda como parte da programação da 6ª Semana ENEF, a FEBRABAN, em ação integrada com Banco do Brasil, Bradesco, Caixa, Itaú, Santander e Votorantim, está promovendo a ação educacional “Quem sonha poupa”, que, além de conteúdo diversificado sobre finanças pessoais, ainda irá premiar cinco jovens entre 18 e 24 anos com cursos de inglês no exterior, no valor total de R$ 100 mil. São 5 bolsas, uma para cada região do país, no valor de R$ 20 mil cada.

A partir de hoje, o internauta poderá respondera um quiz no hot site www.quemsonhapoupa.com.br, lançado no último dia 9, com conteúdo diversificado sobre educação financeira, e que serviu de base para a formulação das perguntas de um questionário de 20 questões, com respostas múltiplas. O quiz estará disponível até o dia 26, último dia da Semana ENEF. O material didático que está no site serviu de base para formação das perguntas.

No dia 27 de maio, os organizadores divulgarão o ranking com os 50 mais bem colocados, divididos em grupos de 10 pessoas por região do Brasil. O resultado levará em conta o maior número de respostas corretas no menor tempo. Até 31 de maio, os selecionados deverão enviar um vídeo inédito com depoimento pessoal, de, no máximo, dois minutos, onde relatarão o aprendizado com a ação educacional e como pretendem colocar em prática os conhecimentos adquiridos. A divulgação dos resultados ocorrerá em 1º de julho. Os cinco ganhadores terão 18 meses para agendar a viagem e o curso de um mês, que deverá ser feito em países de língua inglesa.

De acordo com Fabio Moraes, diretor de Educação Profissional e Financeira da FEBRABAN, o objetivo da ação, que tem o apoio do Banco Central, é reforçar o conceito de educação financeira com foco no ato de poupar, para ampliar a compreensão sobre os produtos de investimento e ressaltar a importância da reserva financeira de médio e longo prazos como forma de realizar sonhos e metas. A ação também tem o apoio do CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola). “Queremos contribuir para que o jovem tenha uma vida financeira sustentável, com consciência e planejamento”.

Saiba mais

Mutirão de negociação de dívidas: www.consumidor.gov.br
Concurso educacional “Quem sonha poupa”: www.quemsonhapoupa.com.br
FEBRABAN adere a acordo para incentivar acordos

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e a Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça e Segurança Pública (Senacon/MJSP) assinaram nesta segunda-feira (20) acordo de cooperação técnica para integrar o Processo Judicial Eletrônico (PJe) e o portal Consumidor.gov. A ideia é reduzir a judicialização por meio da ampliação dos mecanismos consensuais de solução de controvérsias.

Durante a cerimônia, o Banco Central e a FEBRABAN – Federação Brasileira de Bancos assinaram o termo de adesão ao acordo. O intuito é incentivar a utilização das plataformas em casos que envolvam instituições bancárias.

O PJe é uma plataforma do Poder Judiciário, desenvolvida pelo CNJ em parceria com os tribunais, para tramitação digital dos processos judiciais. Atualmente, mais de 70 tribunais de todo o país utilizam o PJe em, pelo menos, uma de suas unidades judiciárias.

Com a assinatura do termo, as ferramentas serão integradas e passarão a atuar conjuntamente. Assim, quando o consumidor acionar a Justiça para fazer alguma reclamação, ele terá mais opções de serviços.

Por Febraban

 

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!
Baixe para iOS.
Baixe para Android.
Baixe em HTML5.

Anúncio

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, escreva seu comentário.
Seu nome