Sebrae e Apro renovam convênio para capacitar pequenos negócios de audiovisual

0
199

O novo acordo entre as duas instituições, que será lançado durante a realização da Rio2C, tem como objetivo fortalecer e incentivar a inovação no setor que vem crescendo no Brasil

O Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e a Associação Brasileira de Produção de Obras Audiovisuais (Apro) lançarão a segunda etapa do Projeto Objetiva – Empreendedorismo em Foco. A renovação do convênio, que tem como proposta capacitar e atualizar empresários do setor, será feita durante o Rio2C, o maior evento de criatividade e inovação da América Latina, entre os dias 23 e 28 deste mês na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro. O Sebrae manterá no local um estande com várias atividades voltadas para a economia criativa.

A primeira etapa do convênio entre o Sebrae e a Apro foi firmada em 2013 e teve como objetivo capacitar empreendedores criativos do setor de audiovisual. Foi quando surgiu o Projeto Objetiva – Empreendedorismo em Foco, que contemplou aulas presenciais direcionadas ao público de audiovisual, com quatro módulos temáticos: Gestão e empreendedorismo, legislação, distribuição e transmídia, em conteúdos disponibilizados em formato de apostilas. Além disso, foi realizado um estudo, em parceria com a Fundação Dom Cabral, sobre o impacto econômico do segmento no Brasil. Assim, espera-se desenvolver o conteúdo e inteligência setorial, promovendo a competitividade dos donos de pequenos negócios do setor de audiovisual.

Com a nova fase, firmada em dezembro de 2018, a intenção das duas instituições é ampliar o acesso dos empreendedores às ações de audiovisual, principalmente no aspecto empresarial. Com a nova parceria, o Sebrae e Apro atualizarão os conteúdos dos módulos desenvolvidos na primeira etapa e serão desenvolvidos mais dois outros módulos: Branded Content e Internacionalização. Estes conteúdos atualizados serão disponibilizados em oficinas presenciais, que ocorrerão em São Paulo e Recife no último trimestre de 2019. Os cursos também serão transformados em formato de Educação à Distância (EAD), por meio da plataforma Sebrae. Atualmente, para acessar a capacitação, o empresário ou empreendedor deve procurar a instituição em seu estado ou a Apro, e verificar se há previsão de aplicação da capacitação.

O Sebrae mantém no Palácio dos Campos Elíseos, no Centro de São Paulo, o Centro Nacional de Referência em Empreendedorismo, Tecnologia e Economia Criativa, um espaço voltado para o desenvolvimento dos negócios criativos. O local se tornou uma referência para empreendedores, startups, investidores, entre outros. Jade Goldfriend é uma residente coworking do centro, onde também fez speed mentoring, um programa de capacitação que tem como foco a remodelagem e estruturação do negócio. Ela é sócia da VAV Audiovisual, uma startup voltada para a área de cinema, jornalismo, televisão, comunicação, publicidade, vídeo e outras atividades. “Ainda somos uma empresa pequena, mas atuamos de forma abrangente”, afirma Jane. Hoje sua empresa tem seis funcionários e conta com parcerias de grandes canais.

As ações desenvolvidas no Centro têm como objetivo promover a competitividade e o desenvolvimento sustentável dos negócios criativos. Outra frequentadora do local é Patrícia Bernal, da WoW Films, que está criando a Mídia, outra empresa do ramo. “O Sebrae é o nosso mentor no empreendimento”, afirma a empresária, que tem a instituição como parceira. “Eu também fiz cursos livres de Administração no Sebrae”, ressalta Patrícia, de 34 anos, que tem uma boa expectativa com relação ao desempenho do setor no país. “Nossa área está em crescimento constante e a Economia Criativa é a que mais fatura, porque é entretenimento”, afirma Patrícia, ressaltando que desde 2015 sua empresa tem mostrado crescimento.

Por Assessoria de Imprensa Sebrae

 

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!
Baixe para iOS.
Baixe para Android.
Baixe em HTML5.

Anúncio

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, escreva seu comentário.
Seu nome