China anuncia taxação de até 32,4% ao frango brasileiro

0
250

O Brasil é o maior exportador de frango do mundo e o maior fornecedor estrangeiro para o país asiático; medida vale pelos próximos 5 anos

A China anunciou na sexta-feira (15) que adotará tarifas antidumping na importação de frangos brasileiros. A partir de domingo, a aves terão um acréscimo de 17,8% a 32,4% em seu preço, de acordo com o Ministério do Comércio chinês. A decisão vale pelos próximos cinco anos.

O governo chinês, no entanto, isentou as gigantes JBS e BRF, além de outras 12 empresas, entre elas a Copacol e Aurora Alimentos. A justificativa é de que essas empresas entraram em um acordo ao apresentarem um “compromisso de preço”.

Em nota, a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) esclareceu que as tarifas estão suspensas por conta de um acordo entre as empresas e autoridades chinesas. A entidade ressaltou, no entanto, que o setor não concorda com a taxação.

As isenções se arrastam há meses em negociações entre produtores brasileiros de carne de frango e a China, enquanto o Brasil buscava resolver uma questão antidumping lançada em agosto de 2017. O Brasil é o maior exportador mundial de carne de frango e o maior fornecedor estrangeiro para a China.

Por Raphael Costa / Agência do Rádio Mais

 

Use o APP do Contabilidade na TV e mantenha-se informado!
Baixe para iOS.
Baixe para Android.
Baixe em HTML5.

Anúncio

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, escreva seu comentário.
Seu nome